Uma criptomoeda possui sua Blockchain própria. Já os tokens, são criados na Blockchain de uma cripto que já existe. Mas será que é só essa a diferença entre criptomoeda e token?

Uma criptomoeda possui Blockchain própria e possui função apenas de moeda de troca. Não serve para mais nada além disso. O token é subjugado a uma Blockchain já existente. No entanto, possui muitas funções, sendo mais inteligente […]

Migração Wix para WordPress

Estamos migrando do Wix para WordPress para uma melhor experiência dos nossos leitores. Por isso, tenham paciência com os textos mal formatados, sem imagens ou links.

Qual a diferença entre criptomoedas e tokens?

Uma criptomoeda possui Blockchain própria e possui função apenas de moeda de troca. Não serve para mais nada além disso. O token é subjugado a uma Blockchain já existente. No entanto, possui muitas funções, sendo mais inteligente. Além de moeda de troca, o token possui propriedade, utilidade, recompensa e fungibilidade.

Entendendo uma criptomoeda

Bitcoin, por exemplo é uma criptomoeda. É um dinheiro digital. Mas não serve para mais nada além de ser uma moeda. Você pode utilizar o Bitcoin como moeda ou como reserva de valor, mas tirando isso não tem mais nenhuma utilidade.

Uma moeda virtual tem também sua própria Blockchain, portanto:

  • O Bitcoin tem a Blockchain do Bitcoin;
  • A Ethereum tem sua própria Blockchain da Ethereum.

Igual com o dinheiro comum. Dinheiro só tem utilidade para comprar coisas, mas não serve para mais nada. Você pode entender melhor sobre o que é uma criptomoeda neste texto: “O que é Bitcoin? Guia completo 2020“.

Diferença entre criptomoeda, token e ICO

Entendendo um token

Um token é criado à partir da Blockchain de uma criptomoeda. Por exemplo, o token Chain Link (LINK) é criado dentro da Blockchain da criptomoeda Ethereum.

No entanto, um token é muito mais inteligente e possui muito mais funções do que uma criptomoeda.

Os token podem guardar níveis complexos de valor e têm características variadas e peculiares. Dentro da programação de um token, há determinados programas que os tornam multifuncionais.

Principais características de um token

Na verdade os tokens representam 4 coisas muito importantes:

  1. Propriedade. Dentro do token existe programação que representa a propriedade intelectual do criador;
  2. Utilidade. Você precisa desse token para entrar no ambiente para o qual este token foi criado;
  3. Recompensa: O consumo do produto ou serviço do ambiente gera retorno ao detentor do token;
  4. Fungibilidade: Vai sendo gasto ou consumido após o uso.

E além disso, vem também é claro, a função de moeda de troca. Mas isso é mais uma consequência do que uma função de um token. Lembrando que o foco é seu uso e não seu valor financeiro.

Diferença entre criptomoeda, token e ICO

Diferença entre criptomoeda e token da Ethereum

Para poder explicar melhor a diferença entre criptomoeda e token, vou dar o exemplo da Ethereum. A Ethereum possui uma Blokchain própria, igual ao Bitcoin. Só que com uma imensidão de funções que o BTC não tem!

Esta Blockchain possui sua criptomoeda: o Ethereum (ETH). Subjugado a ele, existe uma lista imensa de tokens. Algumas coisas que você pode fazer na rede Ethereum:

  • Transferências financeiras para qualquer parte do mundo;
  • Campanhas de crowdfunding;
  • Apólices de seguro;
  • Registro de títulos de propriedade;
  • Coleta de impostos;
  • Votações;
  • Registro de histórico médico;
  • Criar tokens;
  • Entre muitas outras.

ETH: criptomoeda com função de token

Esta moeda virtual da Ethereum possui a função de criptomoeda e de token. Para a usar a Blockchain Ethereum você precisa do token Ether (ETH). Ou seja, o ETH tem papel de criptomoeda. Mas ao mesmo tempo, tem uma inteligência dentro dele que dá a função de utilidade, que mencionamos acima.

Portanto, o token ETH permite o usuário utilizar e se aproveitar das coisas que pode fazer dentro desse ambiente, nesse caso a Blockchain Ethereum.

Diferença entre criptomoeda, token e ICO

O que é a função de token?

Como dito anteriormente, os tokens possuem inteligência e determinadas funções. Para ilustrar, vou dar o exemplo com o token do banco.

Antigamente, para acessar sua conta bancária através da Internet, era preciso ter um token. Esse token é físico, parece um pen drive e mostrava um tipo de “senha”. Por sua vez, esta senha mudava a cada minutos ou segundos.

Esse token tem a inteligência de permitir você acessar seu Banco. Ou seja, é útil só para esse ambiente. Então ele permite que você se beneficie em usar seu banco pela Internet.

Claro que este é um exemplo bem antigo, hoje em dia, não usamos mais o token físico.

Diferença entre criptomoeda, token e ICO

Qual a diferença entre criptomoedas e tokens na negociação?

Usando o mesmo exemplo anterior: imagine que seu banco emita só 100 mil tokens. Porém, possua 200 mil clientes! E todos os 200 mil queiram ter seus próprios tokens.

É provável que algumas pessoas decidam vendê-los. E assim passam a negociar os tokens entre si. É por isso que os tokens possuem valor: porque as pessoas querem utilizá-lo para um fim específico!

Em relação à negociação, em nada difere das criptomoedas. Todos podem ser cadastrados e negociados em uma exchange. Seu preço (quando não for uma stablecoin) geralmente é definido pela própria oferta e demanda.

Explicando o que é uma ICO

Uma ICO é a geração de um novo token e a pré-venda desses aos interessados. Sua sigla é o Initial Coin Offer, que traduzindo fica: “Oferta Inicial de Moeda”.

O preço do token durante a ICO costuma ser bem baixo. Os investidores da ICO comprar baratinho para – na maioria das vezes – vender mais caro no futuro. O tal do “HODL” que explicamos aqui neste texto.

Esse novo token, ao ser gerado, traz com eles diversas características que poderão, ou não, ser úteis no futuro. Por isso é muito importante você tomar muito cuidado ao investir em um ICO.

Investir em ICOs

É necessário verificar se aquele token vai ter utilidade. Ou que será um projeto que as pessoas vão utilizar. Digo isso porque a maioria dos ICO que vemos por aí são de tokens que têm só a utilidade de moeda mesmo – e disso, já temos bastante!

E tem o caso também de quando os tokens não passam de esquemas e fraudes, que não servem para nada. E se você investir em uma ICO deste tipo, o resultado será um só. O token desvaloriza e você perde toda a sua grana investida.

Desta forma, é muito importante ter cuidado ao investir em uma ICO. Pode ser um dos melhores investimentos de sua vida, mas a maior parte deles irão desaparecer no longo prazo.


Bem, estas são as principais diferenças entre criptomoeda, token e ICO. Se você ficou com alguma dúvida ou gostaria de adicionar ao artigo, me chama! Você pode nos encontrar nas redes sociais abaixo ou aqui pelos comentários.

Este artigo foi escrito com muito amor! 

JG