Enzyme: análise de preço do par MLN/USDT

Análise de preço do par MLN/USDT na Binance.

Análise da criptomoeda MLN no gráfico diário

Pessoal, eu ia postar essa análise ontem, mas acabei postando a da BNT/USDT antes. Aliás, essa análise será bem parecida com a BNT, pois trata-se de repetições do movimento do mercado. Veja essa imagem acima mesmo, estamos trabalhando sempre dentro deste canal de alta e veja que 4 vezes dentro desse canal, fizemos uma LTB (linha de tendência de baixa), que nos leva a testar o fundo do canal. E esse fundo do canal coincide com o final do triângulo que se forma e aí, o que acontece? VRAUUUU pra cima, fazendo os preços irem até o topo do canal.

O movimento da MLN é bem forte e sua volatilidade é bem notável com esse monte de pavio que se forma. Por isso, para conseguir fazer o canal e as LTBs, eu tive que considerar a reta que toca mais vezes nos candles, tentando desconsiderar um pouco os pavios e ficarmos mais “restritos”. Eu deveria mesmo ter postado ontem, pois no candle de hoje, já rompemos a LTB que foi formada desde o dia 21/set/21.

Fiz uma compra em 131,4 USDT e coloquei meu stop em 121,6 (protegido pelo fundo do canal, pelas médias móveis exponenciais de 9 e 21 períodos e numa região que não tem candle ou pavio pegando). Não coloquei take profit (alvo), pois o movimento é muito forte e eu prefiro ficar com o gráfico aberto aqui acompanhando.

Volume de negociação da Enzyme no gráfico diário

Vejam que no candle de hoje, já estou com lucro de 4%, mas todo rompimento precisa de um bom volume e o volume da MLN/USDT está baixo, inclusive, mais baixo que a média de 21 períodos de volume.

O ideal é que esse volume faça uma barra enorme igual ao dos outros candles quando houve esse rompimento violento das LTBs. O mercado sempre tende a repetir seus comportamentos, é por isso que existe a análise gráfica!


Coordenadas

Entrada

Entrei a mercado, na LTB. Essa entrada foi arriscada! O correto é aguardar o rompimento com volume acima da média, aguardar o pullback e entrar no rompimento do pivô. No entanto, eu já perdi o último movimento da MLN em 14/set, por isso, estou acompanhando esta para essa oportunidade. Minha entrada foi em 131,4 USDT.

Stop Loss

Protegida pela LTA, MME 9 e 21 e região de suporte, em 121,6 USDT.

Alvo (take profit)

Estou operando essa sem alvo. Como a operação é no diário, vou ficar olhando no 1H e no 4H possíveis pontos de suporte para ir subindo meu stop loss. Se pegar, pegou! Se não pegar, vou surfar o movimento até o topo do canal e quem sabe, pegar entre 70 a 100% de lucro.

Ah! Lembrando que análise feita no gráfico diário costuma demorar dias para concretizar! Não fique querendo pegar altas porcentagens em poucas horas. Análise gráfica tem que ser consistente e quanto maior o tempo gráfico, melhor.

O que achou desta análise? Comenta aqui em baixo! 👇

Bons trades! 🍀

Jéssica.

Deixe uma resposta