Cardano ADA: o que é, como funciona e pra que serve esta cripto?

O que é Cardano?

Cardano é uma rede de blockchain que funciona por prova de participação para a criptomoeda ADA. A rede possui código aberto, usando computação distribuída para desenvolvimento de aplicações que podem ser usadas nas finanças, nos governos, escolas e consumidores de todo o mundo.

O que é ADA?

A ADA é o token nativo da blockchain da Cardano. A sigla ADA é uma homenagem à ADA LOVELACE, matemática do século 19 e primeira programadora de computador. A moeda ADA pode ser negociada na maioria das exchanges de criptomoedas em diversos pares.

Para que serve a Cardano?

A Cardano é uma blockchain de código aberto, que concorre com a Ethereum na criação de aplicações, sejam elas descentralizadas ou não. A plataforma da Cardano perdia – e muito – para a sua concorrente devido a falta de contratos inteligentes, onde a Ethereum sempre teve enorme atuação. No entanto, uma série de atualizações na rede da Cardano, veio para mudar este cenário.

Do fim da era “Shelley” para o início da “Goguen” do roadmap da Cardano, as atualizações batizadas de “Alonzo” estão implementando e testando possíveis oportunidades e falhas para a execução de contratos inteligentes. Essas atualizações podem inclusive ter sido a grande motivação da valorização sem fim do token ADA. Tanto que nas últimas semanas, enquanto escrevo esse artigo, a ADA bateu novo topo histórico, sendo negociada acima dos 3 USDT.

Eras da Cardano

A Cardano é dividida em 5 grandes fases, onde cada uma possui um objetivo específico. Atualmente, estamos em algum lugar entre a era Shelley e a Gogun, onde entre tantas características, uma das mais aguardadas é a implantação dos contratos inteligentes.

FASE 1 – BYRON

Nesta primeira fase, o foco é a fundação da rede. Desde 2015, a equipe inicial da Cardano, fez diversas pesquisas e estudos, sempre levando em consideração o “trelema” que toda blockchain enfrenta: a interoperabilidade, a segurança e a escalabilidade. Em 2017 a primeira versão da Cardano foi lançada permitindo que os traders negociassem o token ADA usando o protocolo de consenso Ouroboros.

Fase 1 do roadmap da Cardano (ADA), Lod Byron

Ouroboros é o primeiro protocolo de proof-of-stake criado com base em pesquisas acadêmicas, com um nível de segurança comprovado matematicamente. A era Byron também viu a entrega da carteira Daedalus, a carteira de mesa oficial da IOHK para ada, bem como a Yoroi, uma carteira da Emurgo, projetada para transações rápidas e uso diário de ADA.

Esta fase recebeu esse nome em homenagem a Lord Byron, que segundo o Wikipedia, foi um poeta britânico e uma das figuras mais influentes do romantismo. Entre os seus trabalhos mais conhecidos estão os extensos poemas narrativos Don Juan, A Peregrinação de Childe Harold e o curto poema lírico She Walks in Beauty. Além disso, o Barão é pai da Ada Lovelace, que como já mencionei acima, deu o nome ao token da Cardano.

FASE 2 – SHELLEY

O foco da segunda fase é a descentralização. Na fase Byron, a rede é federada, ou seja, possui “donos” e sabemos que a ideia por trás da tecnologia blockchain é justamente a descentralização. Desta forma, a segunda fase veio para que cada vez mais e mais nós da rede (nodes) passem a ser administrados pela comunidade. Uma vez que a maioria dos nós é administrada por participantes da rede, a Cardano será mais descentralizada e desfrutará de maior segurança e robustez como resultado.

Fase 2 do roadmap da Cardano (ADA), Percy Bysshe Shelley

A era Shelley representa o amadurecimento natural da rede, tornando-a mais útil, gratificante e valiosa para usuários novos e antigos. Ele ‘ s também sobre a preparação para o futuro. Shelley preparará o terreno para uma rede totalmente distribuída e um ecossistema de aplicativos totalmente novo

Percy Bysshe Shelley foi um dos mais importantes poetas românticos ingleses. Shelley é famoso por obras tais como Ozymandias, Ode to the West Wind, To a Skylark, e The Masque of Anarchy, que estão entre os poemas ingleses mais populares e aclamados pela crítica, por Wikipedia.

FASE 3 – GOGUEN

A terceira fase é focada nos contratos inteligentes e é aqui que estamos mais ou menos enquanto o post é escrito. Onde a era Shelley descentraliza o núcleo do sistema, Goguen adiciona a capacidade de construir aplicativos descentralizados (DApps). O trabalho para Goguen está em andamento em paralelo com Shelley e, quando concluído, permitirá que usuários com formação técnica e não técnica criem e executem contratos funcionais inteligentes na rede Cardano.

Além de adicionar funcionalidade na forma de contratos inteligentes, Goguen também verá melhorias na oferta da ADA com a adição de um livro razão de várias moedas, estendendo a utilidade da Cardano, permitindo a criação de tokens fungíveis e não fungíveis (NFTs), apoiando a criação de novas criptomoedas, bem como a tokenização de vários tipos de ativos digitais e físicos.

A fase 3 foi inspirada em Joseph Goguen, um cientista da computação americano. Ele era professor de Ciência da Computação na Universidade da Califórnia e na Universidade de Oxford e trabalhou como pesquisador na IBM e na SRI International. O trabalho realizado por Goguen foi uma das aproximações mais precoces para a caracterização algébrica de tipos de dados abstratos e ele originou e ajudou a desenvolver a família OBJ das linguagens de programação. Via Wikipedia.

FASE 4 – BASHO

A fase 4 da Cardano está focada em otimizar a rede, sem muita inclusão de novas características. O foco será na melhoria da escalabilidade e a interoperabilidade da rede. Desta forma, o suporte ao crescimento e a adoção de aplicativos com alto volume de transações será fortalecido.

Os projetos para esta fase ainda não foram todos decididos, pode ser que mais coisa seja inclusa na era Basho e no próprio site do Roadmap da Cardano, eles dizem que:

“Estamos trabalhando em mais conteúdo para esta era do roteiro e atualizaremos esta página em um momento apropriado. Enquanto isso, todas as atualizações mais recentes sobre o progresso técnico são entregues como parte dos Relatórios Técnicos Semanais Cardano“.

Time Cardano.

Além da otimização da rede nesta era, está previsto a interoperabilidade entre Blockchains, tendo a rede da Cardano como principal. Isso é o que chamamos de sidechains. Essas sidechains podem ser usadas como um mecanismo de fragmentação, descarregando o trabalho da cadeia principal em uma cadeia lateral para aumentar a capacidade da rede.

A fase 4 foi inspirada em Matsuo Basho, um japonês que desistiu de ser samurai para virar poeta. Basho é o poeta japonês mais conhecido no ocidente, sendo o criador da poesia haikai. Sua vida era bastante agitada e com muitas aventuras, conciliando o aprendizado da luta e ética samurai com o amor pela poesia. Basho era praticante da meditação zen budista e devido a suas peregrinações, recebeu o título de andarilho. Biografia via Coisas do Japão.

FASE 5 – VOLTAIRE

A última fase do desenvolvimento da Cardano será voltada a Governança da rede. Isto é, possibilitanto que os participantes da rede cuidem dela, apresentando propostas de melhoria que podem ser votadas pelas partes interessadas, potencializando o já existente processo de staking e delegação. Em outras palavras, podemos dizer que o foco será na descentralização total da rede.

Além da descentralização, haverá a inclusão de um sistema de tesouraria, onde uma fração de todas as taxas serão destinadas para subsidiar atividades de desenvolvimento realizadas após o processo de votação da comunidade. Assim como a Fase 4, o escopo da era Voltaire ainda não foi completamente criado e poderá ser atualizado. É possível conferir as atualizações na página de Relatórios Técnicos Semanais Cardano.

Quando um sistema de votação e de tesouraria forem implantados, a Cardano será verdadeiramente descentralizada e não estará mais sob a gestão da IOHK. Em vez disso, o futuro de Cardano estará nas mãos da comunidade.

A Fase 5 foi inspirada em François-Marie Arouet, que escrevia sob o pseudônimo Voltaire. Ele foi um filósofo e escritor francês, um dos grandes representantes do Movimento Iluminista na França. Foi também ensaísta, poeta, dramaturgo e historiador, sendo considerado um dos nomes mais significativos do iluminismo francês. Via eBiografia.

Desta forma, com um projeto tão bem desenhado e estruturado para que a Cardano seja uma blockchain com muita utilidade, interoperabilidade, escalabilidade e descentralizada, torna a Cardano uma das minhas favoritas! E é por isso que a ADA está sempre na boca do povo, conquistando valores cada vez mais altos!

Onde comprar a criptomoeda Cardano – ADA?

Atualmente, a ADA é uma das moedas mais fortes do mercado! Por isso, é fácil encontrá-la nas exchanges! Enquanto este artigo é escrito, a ADA ocupa o 3º lugar como moeda mais forte do mercado, ficando atrás apenas do Bitcoin e da Ethereum. Estas informações você pode acompanhar em tempo real no CoinMarketCap.

Quais exchanges negociam ADA?

Para ver as exchanges que negociam ADA e as paridades disponíveis, você deve ir até o CoinMarketCap e clicar na Cardano.

Print da tela do CoinMarketCap com destaque na ADA, Cardano

Uma nova tela vai se abrir, com infinitas informações sobre a ADA. Rolando a tela, procure uma aba escrito “Markets” e clique nessa aba. Uma lista com todas as exchanges que negociam ADA vai aparecer, provavelmente, em ordem de volume de negociação. Na coluna “Pairs” você pode conferir o par em que a ADA é negociada, ou seja, com qual moeda você pode comprá-la.

Cardano Markets

O detalhe é que neste site do CoinMarketCap, apenas as exchanges listadas na plataforma vão aparecer. Existem outras que negociam também e não aparecem ai. Para comprar e vender a criptomoeda ADA, eu recomendo:

Você já conhecia a criptomoeda ADA? Sabia do potencial enorme e revolucionário da rede Cardano? Me conta nos comentários ou lá nas redes sociais! 👇

Um abraço virtual! ♥

Jéssica.

Deixe uma resposta